operação

Polícia Ambiental realiza Operação contra caça ilegal e comercio de aves

Primeiro dia de operação terminou com localização de armas e munições
Por: Redação Franca Noticia | Categoria: Polícia | 06-12-2021 23:37 | 109
Armas, munições  e até um tatu foram encontrados no primeiro dia de operação
Armas, munições e até um tatu foram encontrados no primeiro dia de operação Foto de Polícia Ambiental

O 4° Batalhão da Polícia Ambiental do Estado de São Paulo, através da 3ª Cia, deu inicio na madrugada de segunda-feira (6), a Operação Abate que visa fiscalizar possíveis crimes contra a fauna na macrorregião de Franca, Ituverava, Barretos, A operação ocorre a nível estadual. Vários municípios da região de Franca estão tendo áreas rurais fiscalizadas.
No total estão empenhadas, oito viaturas e os policias estão cumprindo mandados de busca e apreensão com foco em infratores da caça e comerciantes ilegais de arma de fogo.

A operação conta com o apoio do policiamento rodoviário visando o combate ao tráfico de animais silvestres por meio de bloqueios, inclusive nas divisas de estado, bem como atendimento de denúncias.

A operação teve inicio por volta das 5 da manhã e as patrulhas saíram de Franca, Ituverava e Barretos desde às 05h00.
Durante Operação denominada Abate, a equipe em posse de mandado de busca domiciliar se deslocou até o Sítio Apolinário, localizado no assentamento Perdizes.

No local foi realizado contato com o proprietário da residência que juntamente com sua esposa acompanhou as buscas.
Durante as buscas na residência foi encontrado no freezer um tatu limpo e congelado e próximo ao freezer mais duas carcaças de tatu, bem como apetrechos utilizados na caça como lança, facas, armadilha, machadinha, 01 espingarda de pressão, 01 luneta, 01 espingarda Cal. 32 com 30 munições do mesmo calibre. Indagado a respeito do armamento de fogo o sitiante informou que é de propriedade de seu filho, que assumiu a posse da arma.

O autor foi notificado no artigo 25 parágrafo 3° inciso III, da SIMA 05/21, com a penalidade de multa simples no valor de R$ 1.500,00 reais.

Os dois infratores foram apresentados na Delegacia onde o Delegado arbitrou fiança para o D. no valor de R$ 1.500,00 por posse ilegal de arma de fogo.

Durante a operação, as equipes encontraram também aves silvestres sendo mantidas em cativeiro. A ocorrência foi registrada no Distrito de São Benedito da Cachoeirinha. O infrator foi multado em R$ 500,00.

A operação continua nesta terça-feira (5).