na justiça

Tribunal de Justiça suspende liminares que pediam liberação no lockdown

Decisão não atinge estabelecimentos que já haviam conseguido liminar favorável
Por: Redação Franca Noticia | Categoria: Cidades | 04-06-2021 08:03 | 417
Foto de

E a briga por liminares para a liberação de funcionamento no periodo de lockdown em Franca continua. Nesta semana, a Rede Savegnago, Hipermercado Atacadão e as farmácias conseguiram a liberação e podem realizar o atendimento presencial em meio a paralisação. 

A expectativa era de que demais estabelecimentos também fossem beneficiados com a liberação, mas na noite de quinta-feira (3), o Tribunal de Justiça de São Paulo deferiu as liminares e portanto, a partir de agora, todos os pedidos realizados deverão ser negados. 

A decisão não altera as decisões anteriores, por isso, as redes de supermercados e farmácias que já estão autorizadas a trabalhar, poderão continuar, sem punições. 

A prefeitura de Franca já entrou com uma nova ação para fechar os estabelecimentos.