recurso

Ministério Público vai recorrer da sentença de assassinos de Núbia

Trio foi condenado na tarde de quinta-feira em Júri popular
Por: Redação Franca Noticia | Categoria: Justiça | 11-12-2020 15:11 | 387
Foto de

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) recorreu da sentença da Justiça que condenou a 13 anos de prisão o casal acusado pela morte da jovem Núbia Ribeiro, em setembro de 2017. O amigo do casal, Italo Neves foi condenado a sete anos e meio de reclusão.

O promotor Odilon Nery Comodaro pediu, na noite de quinta-feira (10), logo após a divulgação da sentença, uma pena maior por considerar graves as circunstâncias do assassinato. A solicitação do Ministério Público ainda vai ser analisado pela Justiça.

Lauany Viodres do Prado e Leonardo Gonçalves Cantieri foram condenados por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver. O motivo, segundo a acusação, é ciúmes. O amigo deles, Ítalo Vinícius Neves, foi condenado por homicídio simples. Os três estão presos desde o crime.

 

Os advogados de defesa dos acusados deverão ser comunicados do recurso e terão prazo para apresentar a defesa.