plano São Paulo

Após recurso, região de Barretos avança à fase amarela do Plano São Paulo

A classificação foi feita após recurso dos prefeitos que fazem parte do Departamento Regional de Saúde 5
Por: Redação Franca Noticia | Categoria: Cidades | 23-10-2020 19:43 | 139
Foto de Reprodução EPTV

A região de Barretos (SP) avançou para a fase amarela do Plano São Paulo em atualização extraordinária do mapa de flexibilização na tarde desta sexta-feira (23). A classificação foi feita após recurso dos prefeitos que fazem parte do Departamento Regional de Saúde 5.

A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde ao G1. As novas regras entram em vigor no sábado (24).

No recurso apresentado ao governo de São Paulo, os municípios argumentaram que a evolução da Covid-19 está sob controle. De acordo com o prefeito de Barretos, Guilherme Ávila (PSDB), a região não deveria ter retrocedido para a fase laranja por causa da queda no número de mortes, da baixa ocupação de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) e da redução no número de novos casos.

A Secretaria Estadual de Saúde e o Centro de Contingência de Coronavírus, responsáveis pelo plano de retomada, analisaram que o número de óbitos, responsável pelo rebaixamento da região, teve redução de 23%, e o número de internações por 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias, passou de 80,5 para 50,2. Ainda houve queda de 30% no número de casos desde o rebaixamento à fase laranja, no início do mês.

Ainda de acordo com o estado, a ocupação em leitos de UTI da região é de 48,5% nesta sexta-feira.

A nova atualização oficial do mapa do Plano SP para todo o estado está marcada para o dia 16 de novembro.

Ao tomar conhecimento da decisão do estado, o prefeito de Barretos lembrou que a população deve continuar com as medidas de segurança para que a região continue avançando no Plano SP.

"Agora, nós pedimos a toda população para que mantenha as regras de segurança, as regras de higiene, sempre usem máscara, lave sempre as mãos, utilize o álcool gel, e pratique o distanciamento seguro, de forma consciente", disse Ávila.

Fonte: G1