em meio a crise

Por falta de pagamento, motoristas de ônibus param em Ribeirão Preto

As duas empresas com veículos parados, Rápido D"Oeste e Transcorp, correspondem a 70% dos passageiros transportados em Ribeirão Preto
Por: Redação Franca Noticia | Categoria: Brasil | 11-05-2020 15:24 | 133
Transporte coletivo em Ribeirão ficou complicado neste inicio de semana
Transporte coletivo em Ribeirão ficou complicado neste inicio de semana Foto de G1

Motoristas deram início a uma paralisação parcial do transporte coletivo de Ribeirão Preto (SP) na manhã desta segunda-feira (11) contra a falta de pagamento de salários de abril.

O presidente do Sindicato dos Empregados em Empresas de Transporte Urbano e Suburbano de Passageiros de Ribeirão Preto e Região (Seeturp), João Henrique Bueno, confirmou que parte dos ônibus deixou de circular a partir das 9h porque os funcionários não receberam a remuneração, que deveria ter sido paga até a última quinta-feira (7).

As duas empresas com veículos parados, Rápido D"Oeste e Transcorp, correspondem a 70% dos passageiros transportados em Ribeirão Preto.Em nota, o Consórcio Pró-Urbano, que reúne as empresas de ônibus, alegou ter enfrentado queda na arrecadação durante a pandemia da Covid-19 em função da redução no número de passageiros, e que precisa de ajuda da Prefeitura.

"O transporte é um serviço essencial público delegado ao privado. O sistema entrou em colapso, gastando muito mais do que arrecada, operando com 70% da frota e com receita em torno dos 20% do que arrecadava anteriormente. Com a quarentena estendida até o dia 31, o transporte não tem condições de continuar se não tiver alguma ação por parte da Administração Pública", comunicou.

A Transerp, empresa que gerencia o transporte público na cidade, informou ter notificado o Consórcio Pró-Urbano para que tome as providências necessárias a fim de retomar o serviço do transporte coletivo urbano no município.

Fonte: G1