expectativa

Empresa francana acredita em volta ao trabalho de unidade no Ceará

Governador do Estado deve anunciar flexibilização no decreto no próximo dia 5
Por: Redação Franca Noticia | Categoria: Economia | 02-05-2020 10:00 | 272
Parte dos funcionários dispensados estão sendo chamados
Parte dos funcionários dispensados estão sendo chamados Foto de Reprodução

A Democrata Calçados retomará de forma parcial, caso haja flexibilização do decreto do governo do estado, a partir da semana que vem, as atividades da unidade de Camocim.

A parada, com a dispensa de 546 funcionários, ocorreu no último dia 6 de abril, por conta dos efeitos da pandemia na economia. Para o retorno da produção, 252 desses funcionários foram chamados de volta. No próximo dia 5 de maio, o governador Camilo decidirá se o setor poderá produzir.

A informação foi obtida com exclusividade pelo Camocim Online na manhã de quinta-feira (30). Segundo Samuel Pimenta, Diretor de Produção, o que motivou o retorno foi uma grande encomenda de um cliente dos EUA. A Democrata vende para o mercado interno e americano.

Ainda de acordo com o diretor, no caso de confirmação da volta, a empresa seguirá todas as normas de higienização. Ele sugere ainda, se possível, a presença da Vigilância Sanitária para fiscalizar e dar instruções aos funcionários.

Outras fábricas calçadistas como a Grendene, também estão anunciando o retorno, apostando em uma mudança do decreto estadual.

Fonte: Camocim Online/ Tadeu Nogueira