crise

Após três anos de altas, economia brasileira deve ter crescimento zero, em 2020, por conta do coronavírus

A tendência era que o aumento de preços ficasse na casa de 3,5%. Agora, o órgão acredita que ele ficará entre 2,6% e3%
Por: Redação Franca Noticia | Categoria: Economia | 26-03-2020 18:11 | 99
Foto de Reprodução

Economia brasileira não terá nem crescimento, nem queda, em 2020. Pelo menos essa é a previsão de momento, feita pelo Banco Central. 

No fim do ano passado, o órgão apostava em um produto interno bruto, o PIB, 2,2% maior. Mas a projeção foi derrubada, por conta dos impactos do coronavírus na economia. 

O Banco Central ainda afirma, em relatório, que fará tudo o que estiver ao alcance do órgão, por exemplo, em relação ao câmbio e aos juros, para reduzir os efeitos da crise. 

Porém, lembra que é um momento de muita incerteza, no Brasil e no mundo, que tem provocado uma desaceleração significativa na economia. Sobre a inflação, a projeção do Banco Central também foi revisada pra baixo. 

A tendência era que o aumento de preços ficasse na casa de 3,5%. Agora, o órgão acredita que ele ficará entre 2,6% e3%. 

Vale lembrar que a economia brasileira vem de três anos de crescimento, mas que as taxas foram pequenas.1,3 % em 2017 e 2018 e 1,1% em 2019.